Growth hacking em 2020: A metodologia das grandes empresas

No Comments

Qual gestor não deseja ver a sua empresa crescendo durante todos os anos e de forma exponencial? Esse sonho que pode parecer distante, na verdade é plenamente alcançável com a metodologia de Growth Hacking

O growth hacking é a metodologia utilizada pelas startups de sucesso. São empresas que saíram de pequenas garagens até os prédios mais disputados do mundo utilizando técnicas inteligentes para crescer.

Se você observar as curvas de crescimento de algumas das principais empresas do mundo, percebera uma semelhança entre todas elas: a constância.

Não basta crescer em um ano e no ano seguinte perder espaço dentro do mercado.

A constância do crescimento é sinônimo de growth hacking.

Se você não entende nada sobre essa metodologia, então chegou a hora de mudar essa situação. Empresas estão superando o seu negócio utilizando o growth hacking.

E se você já conhece o growth hacking e alguns dos seus principais segredos, com esse conteúdo com certeza você estará ainda mais preparado para promover o crescimento de negócios de forma inteligente.

Vamos lá?

O que é Growth Hacking?

O Growth hacking é uma técnica de crescimento baseada na construção de experiências dentro da sua empresa, levantando hipóteses sobre como crescer e as verificando na prática.

O que diferencia o growth hacking das demais técnicas de crescimento que você pode encontrar no mercado é a ausência de uma fórmula genérica.

Na verdade, o growth hacking se encaixa muito mais como uma metodologia de pesquisa do que uma tese por si só, definindo as métricas para que você encontre as melhores alternativas de crescimento para o seu negócio.

Por isso, caso você acesse algum site que coloque o growth hacking em uma caixa fechada de pensamento, desconfie na hora. O growth hacking é um estilo de pensamento que vai mudar a sua gestão, não um produto ou serviço específico.

É possível dividir o Growth hacking em alguns principais conceitos:

 1 – Documentar tudo o que é realizado dentro da empresa com o objetivo de aumentar o crescimento;

2 – Realizar testes A/B constantes de inovações dentro da empresa;

3 – Aprender tanto com os seus erros e acertos, quanto com os da concorrência;

4 – Focar os esforços da equipe na resolução de problemas específicos (seja a queda no tráfego, número baixo de conversões em vendas ou qualquer outro);

5 – Nunca se satisfazer com os resultados, pois sempre é possível ir além.

A organização desses 5 conceitos de forma lógica e processual dentro da sua empresa, implementa uma nova forma de gestão de crescimento.

O surgimento do Growth Hacking

Sean Ellis é um dos principais profissionais de marketing do mercado e o primeiro growth hacker, responsável por desenvolver a metodologia e popularizar o seu uso. Segundo o próprio Ellis, o Growth hacking é o marketing orientado por experimentos.

Caso você ainda não conheça Sean Ellis, provavelmente conhece algumas das empresas que ele trabalhou. Ellis atuou como líder de Growth do Dropbox e LogMeIn, além de ser fundador do Qualaroo e do GrowthHackers.

Dentro da sua metodologia, Ellis foi muito bem sucedido nas empresas em que ele trabalhou, porém, com descreve Neil Patel (outro profissional já citado neste blog), encontrar um substituto para Ellis era praticamente impossível.

O seu modo de trabalhar era focado em crescimento, enquanto a maior parte dos outros profissionais de marketing estavam interessados unicamente nos valores financeiros da área.

Pela sua experiência em startups, crescer era mais do que um desejo, mas sim uma necessidade. Mesmo não sendo brasileiro, esse pensamento de Ellis se encaixa perfeitamente na nossa realidade.

startup

No Brasil, a maior parte das empresas não chega aos dois anos de vida. O motivo disso é a falta e crescimento.

Ou seja, para muitas empresas o crescimento é uma questão de sobrevivência.

A função do Growth hacker dentro de uma empresa é justamente essa, focar todas as ações no crescimento dos resultados.

Essa cultura de crescimento oriunda das startups, traz outro conceito importante para o growth hacking: o uso de cada recurso disponível.

Mesmo que a sua empresa seja multimilionária, os recursos sempre são motivo de preocupação na organização de campanhas, afinal, é necessário lucrar mais do que foi gasto.

Esse lucro não precisa ser necessariamente dinheiro, mas também pode ser medido com a ampliação do número de leads por exemplo.

Dessa forma, a metodologia de Growth hacking traz o baixo custo como fundamental para os resultados, compensando a falta de recursos com inovação e criatividade, já que fugir do tradicional é essencial.

Vamos pensar em um exemplo que pode acontecer até mesmo com a sua empresa;

No caso do lançamento de duas campanhas semelhantes entre você e a sua concorrente, que tenham o mesmo objetivo, tipo de redação (ou design) e canal de veiculação. Qual dessas terá mais destaque no mercado?

Muito provavelmente aquela que tiver o maior investimento.

Isso foge totalmente da metodologia do growth hacking, afinal, você está pagando muito caro para crescer, o que na prática significa um desperdício da capacidade de investimento.

O Growth hacking vai além do online, o Habib´s é um ótimo exemplo disso. Em 2017 a empresa lançou o posto H, um posto de gasolina que traz um restaurante e loja de conveniência próprios da marca. O motivo dessa implementação de sucesso é que a alimentação fornecida pelo Habib´s é fast-food.

Como o próprio nome sugere, a alimentação fast-food é consumida sobretudo por clientes que desejam facilidade. Após um longo estudo de mercado, a gestão do Habib´s percebeu que os postos de gasolina eram centros de aglomeração de possíveis clientes.

Como os recursos eram limitados para a implementação de uma inovação como essa, o posto H começou com apenas 2 unidades em São Paulo. Atualmente a marca já estima que até o final de 2020 pelo menos 28 novas unidades serão abertas.

Esse conceito de posicionar a empresa justamente onde o cliente a procura pode ser visto em negócios de todos os tamanhos, desde o Mc Donalds que inaugurou na década de 50 restaurantes nas principais rodovias dos Estados Unidos, até os Food trucks que se tornaram tendência nos últimos anos.

Essa é uma forma de reduzir os seus custos por venda, tanto na entrega do produto, quanto na sua publicitação.

Se é uma forma rápida, econômica e testada para crescer, então é growth hacking.

Pela escassez de gestores com entendimento sobre a metodologia que perdura até hoje, dominar os fundamentos do growth hacking se transformou em um diferencial

Por que aplicar o growth hacking na sua empresa?

Diante de tantas metodologias de crescimento, o growth hacking se destaca por diversos fatores.

A experiência prática de empresas do mercado comprova a sua eficiência, startups como a Uber, utilizaram a técnica durante toda a sua trajetória com o objetivo de crescer.

Já imaginou uma empresa em que os seus clientes também seriam funcionários da organização? É justamente isso que o Uber é.

A maior empresa de transportes do mundo, não possui um carro sequer.

Os principais funcionários do Uber rendem dinheiro diretamente para a empresa, já que a sua única função é prover o software e o sistema de pagamento.

Seria possível criar diversos artigos apenas sobre cases de empresas que utilizaram da metodologia do growth hacking no seu crescimento, a sua eficiência é inquestionável.

Além da eficiência, o growth hacking é uma metodologia infinita.

Isso significa que quanto mais você utiliza o growth hacking, melhor serão os seus resultados.

O próximo tópico será um guia prático de como aplicar o growth hacking na sua empresa, porém já é possível adiantar algumas etapas.

Uma das bases do growth hacking é a implementação constante de inovações seguidas pela devida documentação.

equipe de marketing

Com o passar do tempo e aplicação da metodologia de growth hacking, é natural que você construa um banco de informações valiosas sobre aquilo que deu ou não resultados.

Com essas informações importantes e exclusivas da sua empresa é possível lapidar as futuras inovações. Vamos pensar no exemplo de uma empresa de motocicletas:

Essa empresa de motocicletas está trabalhando na diversificação do catálogo de serviços que acompanham a aquisição das suas motos. A inovação que mais deu resultados nos últimos 12 meses, foi a de um serviço gratuito de personalização das rodas da moto.

Além de continuar com esse serviço, essa empresa de motocicletas pode utilizar dessa informação obtida através do growth hacking, para a montagem de novas estratégias de crescimento.

Se os clientes dessa empresa procuram pela personalização das suas motos, ótimas ideias seriam fechar parcerias com garagens de customização, comercializar acessórios para os seus veículos ou até mesmo lançar uma linha de motos, construídas pensando nos tipos de rodas mais procurados no serviço da personalização.

Quanto mais você entende o que funciona ou não dentro da sua empresa, melhor se torna o seu ROI (retorno sobre investimento). Não confunda inovação com achismo, para que qualquer novidade seja implementada dentro da sua empresa é necessário existir um motivo racional, e não apenas a vontade de fazer diferente.

O baixo custo do growth hacking também um atrativo.

O growth hacking não é nenhuma ferramenta com mensalidades caríssimas ou plataforma de investimento, mas sim uma maneira de fazer dinheiro mudando a cultura de uma empresa.

Por ser uma metodologia de pensamento, os custos do growth hacking basicamente se resumem ao material para estudo (e você também pode adquirir algumas ferramentas que serão citadas ao final do texto).

A contratação de um growth hacker (profissional especializado na área) é uma ótima ideia, porém não é uma obrigatoriedade para a realização do serviço.

Aqui mesmo na Go Up Digital a metodologia de growth hacking é aplicada, tanto internamente para o crescimento da agência, quanto em cada serviço oferecido aos clientes.

Essa possibilidade de aplicação se restringindo a uma mudança no pensamento administrativo e cultura dos funcionários, faz com que os custos de uma campanha de growth hacking estejam associados aquilo que você pode gastar.

Pode ter certeza de que uma verba de mil reis por mês para o marketing por exemplo, será muito mais bem utilizada com o growth hacking do que sem essa metodologia de sucesso.

Um caso interessante no setor de redação da Go Up Digital explicita bem como funciona um processo completo de growth hacking.

Um dos principais clientes da agência é uma empresa de monitoramento. Essa empresa de monitoramento contratou o serviço de blog no começo de 2020.

O primeiro mês de janeiro serviu como um laboratório para testes sobre qual deveria ser o estilo de escrita adotado no site, quatro textos completamente diferentes foram lançados durante esse mês.

Com a coleta de resultados acontecendo em fevereiro, foi possível definir uma linha editorial base para o site, onde em cima daquilo que foi mais acessado seriam criados conteúdos.

Como você bem sabe, depois da inovação e documentação no growth hacking, um novo processo é iniciado.

Nos meses posteriores, a linha base editorial foi mantida, sempre adotando novas inovações e coletando os resultados, identificando aquilo que funcionava

Após 6 meses de trabalho nesse site, o número de acessos orgânicos teve um aumento de quase 350%, sem que nenhum centavo a mais fosse investido.

Guia prático para a implementação do growth hacking

Como prometido, aqui estão os conceitos fundamentais para a implementação da metodologia do growth hacking dentro da sua empresa.

1 – Defina um problema para ser solucionado

Aquela famosa frase “não sei nem por onde começar” não se encaixa em uma estratégia de growth hacking.

A definição de um problema específico é o que possibilita a aplicação da metodologia de growth hacking de forma eficiente, caso contrário as ideias ficam perdidas e sem objetivo.

problema

A melhor maneira de definir qual é o principal problema que deve ser resolvido pela sua gestão é analisando os seus resultados. Em qual das etapas de conquista do cliente que o seu planejamento está falhando? Caso você não tenha a resposta, indico que leia este conteúdo sobre funil de vendas.

No caso da Go Up, há alguns meses percebemos que muitos clientes clicavam nos anúncios da agência, porém poucos entravam em contato com a equipe comercial.

Definindo esse problema como central na nossa obtenção de clientes, começamos a aplicar a metodologia do growth hacking.

O mesmo deve acontecer dentro da sua empresa. Se os resultados estão insatisfatórios ou podem ir além, então existe um ponto central que merece uma atenção emergencial, e esse será o objeto da sua primeira implementação da metodologia do crescimento.

2 – Entenda o porquê daquele problema existir

Todo problema existe por algum motivo, a identificação do porquê da sua existência é fundamental.

Para identificar a causa desse problema é necessário analisar todos os aspectos que o envolvem, utilizando a empatia para se colocar no lugar do cliente.

No caso de uma campanha de Facebook que não está tendo o número de acessos desejados, é necessário analisar cada aspecto do anúncio.

Esse anúncio atrai a atenção do cliente? Existem campanhas semelhantes de empresas maiores? Qual o número de buscas pelas palavras-chaves que estão sendo utilizadas? O anúncio está funcionando corretamente, ou existem links quebrados?…

É possível continuar essas questões por mais algumas linhas, porém ninguém sabe melhor sobre o seu cliente do que você. Então utilize da empatia para entender o motivo da existência do problema.

entenda o problema

No exemplo da Go Up, foi identificado que a maior parte dos clientes não entravam em contato com a agência por um problema na configuração do site. O nosso analista de UX identificou que o botão para o envio do formulário de pedido de orçamento, não se destacava no nosso canal virtual.

A partir da identificação do motivo de um problema existir, é possível trabalhar de forma precisa na sua solução.

3 – Gere ideias

Esse é o momento preferido de qualquer equipe, o “brainstorm” é a etapa onde toda a equipe irá trazer ideias para a solução desse problema.

Antes de começar a exposição de cada inovação pensada, a recomendação é que seja feita uma introdução completa do problema e o motivo da sua existência, alinhando o pensamento de todos os participantes da reunião.

Aqui na Go Up Digital, nós dividimos a reunião por setores. Cada uma das áreas da empresa demonstram os seus resultados e problemas, trazendo dados e informações que orientam a sustentação de propostas para inovação.

A partir dessa introdução, toda a equipe se reúne e discute, expondo novas ideias para solucionar os problemas expostos.

No caso do problema na atratividade do botão de envios de formulários, a solução foi simples: a remodelação do layout. Adaptando as cores conforme indicado pela equipe de design e implementando o botão no local correto segundo os estudos de UX.

gere ideias

Sempre é interessante manter uma periodicidade nas reuniões para geração de ideias, seja semanal ou mensal, o trabalho em equipe fomenta a inovação.

4 – Realize Testes

Com tantas ideias geradas pela sua equipe, acaba sendo necessário priorizar algumas. A melhor coisa a se fazer é construir uma relação entre a facilidade da sua implementação (principalmente ao número de recursos que precisam ser gastos) e o seu potencial.

Se for necessário, mensure essa relação em números, estabelecendo uma escala de 1 a 5 por exemplo.

Mobilize a sua equipe para a implementação das ideias selecionadas e comece a realização dos testes, utilizando ferramentas para a mensuração posterior dos resultados de cada uma delas.

teste empresa

A metodologia A/B pode te ajudar a realizar uma boa testagem, onde duas ideias para a solução de um mesmo problema são aplicadas em períodos diferentes e mensura-se os resultados e custos de cada uma.

Essa comparação direta entre duas ideias descarta as piores opções e lapida a solução final.

5 – Documente

Logo no começo do artigo foi ressaltada a importância de documentar tudo o que é realizado da sua empresa. Essa é a etapa onde isso é realizado.

Após a fase de testes, documente todos os resultados obtidos. Até mesmo as informações secundárias podem fazer a diferença na criação de inovações futuras que sejam eficientes.

documentação

O aprendizado sempre é o melhor parceiro da inovação, esse é o principal diferencial da estratégia de growth hacking em relação a outras metodologias que copiam literalmente o que as grandes empresas estão fazendo, ou pregam uma gestão baseada em achismos e tiros no escuro.

6 – Repita o processo 

O growth hacking é um processo contínuo, não adianta utiliza-lo apenas uma vez e esperar crescimentos impressionantes. Adote essa metodologia como uma cultura.

A cada processo de growth hacking, a sua empresa entenderá mais profundamente cada etapa, sem aquelas fórmulas que são vendidas em cursos de empreendedorismo criados por quem nunca empreendeu.

É aquilo que funciona na sua empresa e a faz crescer.

Repita esse processo de inovação quantas vezes puder, pois só existem benefícios na sua implementação.

Ferramentas que vão te ajudar

Para ajudar você na implementação do growth hacking, conheça essas ferramentas que vão te auxiliar a entender melhor o andamento da metodologia e o que pode ser feito para melhorar ainda mais os seus resultados, confira:

Para analisar o mercado:

Google Trends

O Google Trends é a ferramenta gratuita mais popular e simples dessa lista, sendo utilizada por qualquer criador de conteúdo. Se você não conhece essa ferramenta então está perdendo um importante termômetro quanto ao funcionamento do mercado.

O Google Trends exibe os assuntos mais pesquisados do momento e ainda possibilita a regionalização das buscas. Com essa ferramenta é possível identificar o que os usuários estão procurando. No mês de junho por exemplo, sites sobre o dia dos namorados obtiveram um ganho maciço de tráfego.

Google Trends

Essa é uma das ferramentas indispensáveis no dia a dia da Go Up, direcionando a equipe de criação para quais devem ser os temas abordados.

Esse conteúdo mesmo que você está lendo é um exemplo do uso do Google Trends. Antes de decidir por construir esse manual da metodologia growth hacking, a equipe da Go Up identificou a ascensão das buscas pelo tema

Se existe demanda, você deve criar um conteúdo.

MixRank

O MixRank é a ferramenta perfeita para dar espiar o que os seus concorrentes estão fazendo. Com ela é possível analisar quais são as origens do tráfego do site da concorrência e suas campanhas bem-sucedidas.

O uso inteligente dessa ferramenta coloca você sempre um passo à frente da concorrência.

Vale a ressalva de que essa plataforma é configurada em inglês e paga em dólar, ou seja, um investimento que deve ser estudado antes de ser adquirido, porém que vale muito a pena.

Para analisar a sua empresa:

Google Analytics

O Google Analytics é o melhor conselheiro na gestão de um planejamento digital de crescimento, trazendo dados que são fundamentais para a tomada de decisão estratégica.

A ferramenta gratuita oferecida pelo Google traz as principais informações do seu website, incluindo o tráfego registrado por página e a taxa de rejeição.

Exibindo gráficos e tabelas, o Analytics ainda facilita a demonstração dos dados para toda a sua equipe de forma intuitiva. Uma ferramenta indispensável em qualquer plano de growth hacking.

MOZ

Essa é outra ferramenta indispensável no dia de trabalho da Go Up Digital, afinal o MOZ exibe uma análise do SEO de um website de forma totalmente gratuita.

Com o MOZ ainda é possível realizar uma auditoria completa do portal, incluindo o número de backlinks e posicionamento de palavras-chave.

Existem planos para outras funcionalidades do MOZ que podem ser adquiridos no website da empresa. Assim como no MixRank, a interface da ferramenta está totalmente em inglês.

Bônus: Consultoria de SEO gratuita

Se você chegou até essa parte do texto, então a Go Up Digital quer ter você como cliente. A Go Up sempre busca empreendedores que se preocupam com o sucesso da sua empresa para se tornarem cliente e você é um deles.

Dessa forma, será disponibilizado um link para uma consultoria de SEO totalmente gratuita. E não é daquelas consultorias automatizadas, mas sim uma análise completa do seu site feita por profissionais com anos de experiência no segmento.

Serviços como esse poderiam ser vendidos por alguns milhares de reais, porém por acreditar que dessa oportunidade nascerá uma parceria de sucesso, a Go Up está te oferecendo a consultoria de SEO gratuita sem nenhum compromisso.

Clique e acesse o seu benefício.

Entender qual é a situação atual do seu plano digital é a primeira etapa da metodologia de growth hacking, então não perca tempo e exija a sua consultoria  

Concluindo…

Agora que você já conhece a metodologia do growth hacking, confira os principais tópicos que devem ser levados em conta por você na implementação;

  • Não existe fórmula, o growth hacking é uma metodologia de trabalho;
  • Esteja em constante inovação;
  • Análise os clientes, as concorrentes e a sua empresa;
  • Documente todas as ideias implementadas;
  • Selecione problemas específicos para solucionar;
  • Implemente a cultura do growth hacking na sua empresa, mantendo a constante busca pelo crescimento;
  • Utilize ferramentas tecnológicas para auxiliar a sua gestão;
  • E por último, não deixe de procurar a ajuda de especialistas, esse é o melhor investimento que você pode fazer na sua empresa.

Agradeço por você ter chegado até aqui e peço para que compartilhe este texto como uma forma de valorizar o trabalho do Blog. Quanto mais empreendedores tiverem acesso a metodologia do growth hacking, mais rapidamente se recuperará a nossa economia.

Até a próxima leitura.

Time de profissionais com formações em Publicidade, Marketing, Tecnologia entre outras, totalmente qualificados para criação de conteúdo digital nos mais diversos segmentos.

Sobre nós e este blog

Somos uma empresa de marketing digital full service com foco em ajudar nossos clientes a obter ótimos resultados em várias áreas-chave.

Analise Gratuita

Oferecemos serviços profissionais de SEO que ajudam os sites a aumentar drasticamente sua pontuação de pesquisa orgânica, campanhas em mídias pagas e em conversões a fim de competir pelos rankings mais altos e os melhores resultados no meio digital, mesmo quando se trata de segmentos altamente competitivos.

Subscribe to our newsletter!

Mais do nosso blog

Ver todas as postagens